Tourist Information Guide

Um Guia da Arquitetura de Barcelona e os Prédios Mais Icônicos

Page Content

Casa Batlló de Gaudí
Casa Batlló de Gaudí
Para Barcelona, arquitetura é muito mais que apenas Gaudí. Os arquitetos do mundo inteiro rodam a cidade para visitar grande parte de sua arquitetura moderna. Conversei com a artista de Sheffield, Sarah Considine, e perguntei sobre sua opinião sobre a arquitetura moderna de Barcelona e uma lista de seus edifícios modernos favoritos.

Enquanto a influência de Gaudí não está sempre visível no estila da arquitetura moderna, geralmente fica aparente no uso da cor e imaginação. Geralmente parece que os arquitetos, ao desenhar para Barcelona, são mais ousados e usam cores mais brilhantes do que usariam em outras cidades. É como se Gaudí e os outros arquitetos modernistas dessem coragem até aos mais conservadores dos arquitetos. Gaudí foi muito influenciado por formas naturais. A maioria de seus prédios são baseados em formas orgânicas que acontecem de maneira natural. Se você visitar o museu Sagrada Família aprenderá mais sobre como Gaudí usou as formas naturais para criar as bases de sua arquitetura.


Barcelona City Pass

O que faz da arquitetura de Barcelona tão diferente?

Realçada, extravagante, colorida, diferente, harmoniosa, variada e única são apenas alguns adjetivos que vêm à mente ao descrever a arquitetura de Barcelona. Barcelona misturou com sucesso o velho e o novo de um modo que deixa a cidade tão linda que tira o fôlego. Não há nada mais agradável que andar pelas ruas de Barcelona e sentir atmosfera que irradia da arquitetura. A arquitetura tradicional gótica catalã como a da Iglesia de Pi é reservada e séria em seus desenhos, mas somente a 5 minutos de caminhada temos a Catedral de Barcelona om seus belos arcos e fechada. A uma curta viagem de metrô temos a famosa Basílica Sagrada Família, cujas torres sobem ao céu e possui diferentes estilos arquitetônicos em seus quatro lados do prédio.

Barcelona é geralmente elogiada por arquitetos pelo seu planejamento. Como poderá perceber ao andar pela cidade, os prédios nas esquinas possuem pontas retas, são chamadas de “esquinas chanfradas”. Isso significa que as ruas possuem uma sensação maior de serem abertas e existe um quarto nas esquinas das ruas com terraços, isso ajuda a dar a Barcelona um ar sociável e de comunhão.

A Avenida Diagonal também é elogiada pelos arquitetos e urbanistas. É uma grande rua que corta diagonalmente o centro da cidade. Quando foi construída era um pedaço original do planejamento da cidade.

O Centro de Barcelona pode ser separado em três áreas principais. A cidade antiga ou Barri Gòtic, que era a cidade original de Barcelna. Caracterizada por ruas antigas curvas e prédios antigos altos e escuros. A área de Raval, que era uma extensão da cidade antiga original e então Eixample, que é a grande área organizada em formato de "grade” que foi anexada a cidade antiga. Cada área possui seu caráter único e distinto. Para saber mais sobre os bairros de Barcelona, visite nossas páginas sobre os Barcelona barrios


Você poderia me falar sobre alguns dos seus prédios modernos preferidos em Barcelona?

Ao invés de falar sobre os prédios famosos como Sagrada Família, Casa Batlló e Casa Milla, irei falar sobre alguns que não são tão conhecidos, mas que possuem uma arquitetura igualmente incrível.

Agbar Tower de Jean Nouvel
Agbar Tower de Jean Nouvel

Agbar Tower de Jean Nouvel

Dizem que foi desenhada antes do “pepino” de Norman Foster em Londres. É desenhada para dar a impressão de um jato de água, um gêiser. Isso explica as cores brilhantes ao redor do prédio. Também existe uma piscina de água ao redor do prédio como um fosso. O prédio possui três camadas de “pele”, uma de chapa ondulada, uma de vidro e uma de janelas cloridas.

Metrô Metrô: Clot (Linha Vermelha, L1) ou (Linha Roxa, L2)


Dica Se você visitar o prédio, é realmente importante visitar o saguão. O resto do prédio é privado, mas você pode entrar no saguão. É um espaço impressionante, as janelas pequenas no prédio permitem que a luz entre pelo prédio. Isso dá uma sensação de ser uma igreja antiga com janelas de vitral.


Edifício Fórum de Herzog & de Meuron

Edifício Fórum de Herzog & de Meuron
Edifício Fórum de Herzog & de Meuron

Herzog e Meuron são atualmente considerados os “garotos de ouro da arquitetura”. Les também desenharam o Tate Modern no Reino Unido e o Estádio Nacional de Pequim.

A área onde o prédio está também é de interesse arquitetônico. Foi desenhada como uma espécie de amostra de arquitetura. Por isso, pode ser criticada, a área tem um pouco a sensação de estar desolada. Porém, se você tem interesse em arquitetura, o prédio e a área são uma visita obrigatória.

Metrô Metrô: El Maresme Fórum


Peixe de Frank Gehry

Peixe de Frank Gehry
Peixe de Frank Gehry

É isso que chamo de “estupidez”, uma estrutura que não possui um objetivo prático específico, algo entre uma escultura e um prédio. O grande peixe foi desenhada para brilhar e cintilar, como um peixe se movendo embaixo d’água. Os prédios funcionam bem de longe, podem ser vistos da praia. Porém, uma vez que você chegar perto descobrirá que o peixe dourado é vazio, um choque para alguns amantes de arquitetura.

Frank Gehry também desenhou o Museu Guggenheim em Bilbao. E, para aqueles que amam uma fofoca sobre celebridades, ele é amigo íntimo de Brad Pitt.

Metrô Metrô: Ciutadella Vila Olimpica (Linha Amarela, L4)


Mercado Santa Caterina de EMBT

Mercado Santa Caterina de EMBT
Mercado Santa Caterina de EMBT

Esse é o mercado de comida perto da Catedral de Barcelona. É um prédio interessante que causou muita controvérsia quando foi construído pela primeira vez. Porém, as pessoas aprenderam a amá-lo, o que acontece muito na arquitetura, prédios que dividem opiniões geralmente são os mais bem-sucedidos e legendários com o tempo.

Um problema que eu tenho com o prédio é que ele talvez tenha sido desenhado para ser mais um cartão postal do que prático. O teto de mosaico colorido é a característica mais diferente e não pode ser vista do chão. Porém, dobras no telhado não algumas visualizações do padrão diferente.

Metrô Metrô: Jaume I (Linha Amarela, L4)


A Torre de Telecomunicações de Norman Foster

A torre é um exemplo perfeito do estilo “high tech” de Norman Foster. Ele é um dos pioneiros do estilo, o conceito de expor as partes do prédio que geralmente são ocultados, os trabalhos doo prédio.

A Torre de Telecomunicações de Norman Foster (Plano fechado) A Torre de Telecomunicações de Norman Foster
A Torre de Telecomunicações de Norman Foster (Plano fechado) A Torre de Telecomunicações de Norman Foster

Isso pode ser dos interesses para os fãs de futebol americano, já que Norman Foster desenhou a extensão do estádio Camp Nou.

Metrô Metrô: Av Tibidabo (Linha Azul, L5)

(Se você estiver visitando a torre aos finais de semana, é mais fácil pegar o ônibus T2 na Plaza Catalunya)


O Museu de Arte Contemporânea de Richard Meier

O Museu de Arte Contemporânea de Richard Meier
O Museu de Arte Contemporânea de Richard Meier

O prédio possui um ar composicional, similar às pinturas de Mondrian. Geralmente é elogiado pelo espaço que criou na área de Raval. A praça MACBA na frente do prédio é renovada por sua energia, o prédio criou um espaço comunal na área, onde as pessoas vão passar o tempo.

O prédio também foi elogiado pelo modo como foi planejado e construído. Raval fica em uma das áreas mais pobres de Barcelona, as pessoas locais foram treinadas para construir e trabalhar no prédio. Era um jeito de involver a comunidade local na chegada com essa nova entidade em sua área.

Metrô Metrô: Universitat (Linha Vermelha, L1) ou (Linha Roxa, L2)


Chama Olímpica de Santiago Calatrava
Chama Olímpica de Santiago Calatrava

Chama Olímpica de Santiago Calatrava

Santiago Calatrava é de Valência e é um dos arquitetos mais celebrados da Espanha. Também desenhou um parque de ciência em Valência. Dizem que muito do seu trabalho é inspirado por esqueletos de animais e o jeito como eles se movem.


Alguma dica final para aqueles que vêm ver a arquitetura de Barcelona?

Alguém mais interessado em arquitetura moderna não deve perder a oportunidade de ver o Pavilhão de Mies Van de Rohe. Esse é o primeiro dos exemplos da arquitetura moderna e me impressionou muito. Arquitetos e fãs de arquitetura moderna visitam o Pavilhão como se estivessem numa procissão.


Voltar ao Topo da Página