Tourist Information Guide

Dançarinos de flamenco e artistas em Tablao Cordobés em Barcelona

Page Content

Essa página dá uma visão geral dos dançarinos e artistas de flamenco em Tablao Cordobés, Las Ramblas em Barcelona.

Todas as fotos dessa página foram tiradas com a permissão do Tablao Flamenco Cordobés durante nossa visita recente a uma das apresentações a noite.


Informações de agendamentoClique aqui para reservar seus ingressos on-line para o show de flamenco no Tablao Cordobés, que inclui um jantar ou bebida de boas-vindas


Os fundadores e gerentes de Tablao Cordobés são Luis Pérez Adame e Irene Alba. Luis estudou violino no Conservatório de Madri e Irene estudou dança clássica. Os dois amavam flamenco e se tornaram brilhantes violinista e dançarina de flamenco, respectivamente.

Com o tempo, fundaram sua própria companhia e se apresentaram pelo mundo.

Em 1970, Matías Colsada, um famoso empresário da época, ficou tão inspirado por suas performances que se aproximou do casal com o objetivo de torná-los gerentes de um novo local de flamenco em Las Ramblas. Tablao Cordobés nasceu dessa parceria.

Sara Barrero em Tablao Cordobés.

Um fator importante para se considerar ao escolher um espectáculo de flamenco é descobrir se o gerentes são, ou eram, eles mesmos artistas de flamenco. Se a resposta é “sim”, então esse é um bom caminho para se experienciar um autêntico espectáculo de flamenco.

Hoje a tradição de flamenco é mantida no Tablao Cordobés por Maria Rosa Pérez, filha de Luis Adame e dançarina de flamenco e advogada.

Cada espectáculo em Tablao Cordobés tem cerca de 15 artistas. O tablao não possui um elenco fixo. O objetivo de se ter diferentes artistas é garantir que o espectáculo continue diferente e vivo. O flamenco é sobre improvisação, e isso pode acontecer de maneira mais livre quando as influências para essa improvisação mudam.

Os espectáculos em Tablao Cordobes mudam quase todo mês. Porém, a presença de estrelas do flamenco no tablao é um requisito importante para o Tablao Cordobés.

Um exemplo do nível artístico desse tablao é a seguinte lista dos artistas famosos de flamenco que já se apresentaram no Tablao Cordobés:

Jose Maya, Belén López, Karime Amaya, Pastora Galvan, El Junco, Susana Casas, La Tana, Maria Carmona, Amador Rojas, David e Israel Cerreduela, Manuel Tañé, Antonio Villar, Morenito de Illora, El Coco.

O flamenco é famoso por expressar fortes emoções de paixão e sentimento.
Sara Barrero se apresentando. Flamenco é famoso por expressar paixão e uma emoção forte, e pode te deixar profundamente comovido.

Em Tablao Cordobes alguns dos principais artistas de flamenco se apresentam ao mesmo tempo, garantindo que você tenha uma experiência memorável, independente da apresentação que você assiste. Abaixo fornecemos algumas informações básicas para alguns dos artistas em Tablao Cordobes.

Amador Rojas

Amador nasceu em Sevilha em 1980. Ele não cursou nenhuma escola, mas se tornou habilidoso ao praticar e treinar em palcos profissionais. Recebeu boas críticas da imprensa e audiência. Se juntou a companhia de Salvador Tamora quando tinha 16 anos de idade. Mais tarde trabalhou solo até se juntar a companhia de Eva La Yerbabuena e trabalhou com Antonio Canales. Também ganhou o prêmio de Melhor Artista Novo em 2008 na Bienal de Sevilha. Já se apresentou em locais de flamenco pelo mundo.

Junco

Tablao Cordobés
Juan Jose Jaen conhecido como "El Junco"

Juan José Jaén Arroyo, conhecido como El Junco, nasceu em Cádiz na Andaluzia. Trabalhou na companhia de Cristina Hoyos por 12 anos como dançarino e coreógrafo. Em 2008 recebeu o prêmio Max de melhor dançarino. Já se apresentou em muitos espectáculos extraordinários. Começou a trabalhar no Tablao Cordobes quando veio para Barcelona.

Ivan Alcalá

Ivan é um dançarino de flamenco nascido em Barcelona. Começou a dançar com 5 anos de idade. Estudou na Escola de Teatro e no Conservatório e aprendeu com alguns dos melhores artistas. Se apresentou em espectáculos importantes como Penélope, Somorrostro, Volver a empezar etc. É um dos melhores dançarinos contemporâneos e ganhou o prêmio Mario Maya no VIII Concurso de Jovens de Dança de Flamenco.

Dançarinas de flamenco

Mercedes de Córdoba

 

Mercedes Ruiz Muñoz, conhecida como Mercedes de Córdoba, nasceu em Córdoba em 1980. Começou a dançar aos quatro anos de idade. Aprendeu com Ana María López e estudou Dança Espanhola e Arte Dramática em Córdoba e Ballet no Conservatório de Sevilha. Ela trabalhou nas companhias de Manuel Morao, Javier Barón, Antonio el Pipa, Eva la Yerbabuena e o Ballet Andaluz de José Antonio. Seu estilo refinado foi premiado muitas vezes.

Susana Casas

Susana Casas apresentando em Tablao Cordobes.
Susana Casas apresentando em Tablao Cordobes.

 

Começou a dançar com 8 anos de idade. Aprendeu com José Galván. Ela trabalhou nas companhias de Mario Maya, o Ballet de Cristina Hoyos e o Flamenco Ballet de Andaluzia. Recebeu boas críticas da imprensa e da audiência.

Sara Barrero

 

Sara Barrero nasceu em Barcelona em 1979. Aprendeu com Ana Márquez, La Tani, La Chana e Antonio El Toleo. Começou sua carreira com 16 anos trabalhado em importantes tablaos na Espanha e no Japão. Participou de muitos festivais de flamenco nacionais e internacionais, como Mont de Marsans, Flamenco Festival em Tóquio, Grec Festival em Barcelona, etc. Foi professora em escolas de dança e recebeu o Prêmio Carmen Amaya no Festival Flamenco Jovem em Hospitalet.

Belen López

Belén López se apresentando em Tablao Cordobes.
Belén López se apresentando em Tablao Cordobes.

Ana Belén López Ruiz, conhecida como Belén López nasceu em Tarragona em 1986. Com onze anos estudou no Conservatório de Dança de Madri. Representou a Espanha na Inturfest, Feira de Turismo Internacional na Rússia algumas vezes. Se mudou para Madri em 1999 e entrou no Conservatório de Dança, e também trabalhou em muitos tablaos. Foi a principal dançarina na Arena di Verona e na companhia La Corrala. Ganhou o Prêmio Mario Maya Award e o Prêmio Melhor Artista Novo de Corral de la Pacheca. Em 2005 começou sua própria companhia, que foi muito bem-sucedida em diversos teatros.

Karime Amaya

Karime Amaya nasceu no México em 1985. É a neta de Carmen Amaya e tem a arte de sua família no sangue. Trabalhou nos mais importantes tablaos do mundo com artistas muito revelantes como: Juan de Juan, Mario Maya, Antonio El Pipa, the Farruco Family, Antonio Canales, Pastora Galván, Paloma Fantova, Farruquito, Israel Galván etc.

 

Participou de muitos espectáculos como Desde la Orilla, With Carmen Amaya in the Memory, Abolengo…etc.

Estrelou o documentário Bajarí de Eva Vila, que esteve em muitos festivais nacionais e internacionais de flamenco.

Violinista de Flamenco

Juan Campallo

O violinista começou sua carreira com 6 anos, trabalhando com seu irmão Rafael Campallo e sua irmã Adela Campallo. Tocou para muitos dançarinos como Pastora Galván, Antonio Canales, Merche Esmeralda etc.

Compôs concertos como Horizonte, Solera 87, Tiempo Pasado, Gala Andalucía. Participou da Bienal de Sevilha em 2004 e 2006 e foi premiado diversas vezes por seu talento.

David Cerreduela

David Cerreduela se apresentando no palco em Tablao Cordobes.
David Cerreduela se apresentando no palco.
David Cerreduela é um talentoso violinista de Madri, e filho de El Nani. Tocou para muitos artistas importantes como Lola Flores, Merche Esmeralda, Guadiana etc. Trabalhou para a companhia de Antonio Canales, o Ballet Nacional e Tablao Flamenco Cordobes, entre outros lugares.

Israel Cerreduela

Israel, filho de David Cerreduela, nasceu em Madri. Trabalhou com grandes artistas como Antonio Canales, Enrique Morente ou Sara Baras. Seu estilo é diferente e delicado e é considerado uma promessa no mundo do flamenco. Tocou em muitos teatros importantes e colaborou em alguns álbuns.

Cantores de Flamenco

Maria Carmona

Maria Carmona nasceu em Madri. Ela veio de uma família de artistas de flamenco. É uma cantora solo com uma voz autêntica e extraordinária. Trabalhou com muitos artistas importantes e na companhia de Rafael Amargo. Participou no Ciclo de Flamenco do Século XXI em Barcelona.

La Tana

Victoria Santiago Borja conhecida como La Tana no palco em Tablao Flamenco Cordobes.
Victoria Santiago Borja conhecida como La Tana no palco em Tablao Flamenco Cordobes.

Victoria Santiago Borja, La Tana, nasceu em Sevilha. Trabalhou nas companhias de Joaquín Cortés e Farruquito. Foi elogiada por Paco de Lucía, que amou seu jeito de cantar. Gravou seu primeiro álbum solo em 2005 chamado Tú ven a mí, produzido por Paco de Lucía. Participou de muitos festivais de flamenco.

Antonio Villar

[imagem texto ALT]
Antonio Villar - cantando em Tablao Cordobes.

Antonio Villar nasceu em Sevilha. Começou a cantar em 1996 em uma companhia de Farruco. Mais tarde trabalhou no tablao El Flamenco em Tóquio e trabalhou nas companhias de Cristina Hoyos, Joaquín Cortés, Manuela Carrasco, Farruquito e Tomatito. Fez importantes colaborações em gravações de Vicente Amigo e Niña Pastori.

Manuel Tañé

Manuel Tañé nasceu Cádiz em uma família de flamenco. Aprendeu com Luis Moneo, Enrique El Extremeño e Juan Parrilla. Começou a se apresentar com 16 anos e trabalhou em muitos tablaos, principalmente o tablao El Arena e Tablao Cordobes. Trabalhou para a companhia de Antonio El Pipa em um tour pelo mundo. Sua carreira foi bem-sucedida e muitos artistas elogiaram a qualidade de sua voz. Participou de muitos festivais nacionais e internacionais.

Coco

El Coco nasceu em Badalona. Esteve no palco com muitos artistas importantes como Remedios Amaya, Montse Cortés, La Tana. Se apresentou pelo mundo. Estrelou o documentário Bajari de Eva Vila junto com Karime Amaya e outros artistas. Se apresentou em muitos festivais de flamenco como La Villette, Festival de Verão de Madri e o Festival Alburquerque.

Como reservar seus ingressos para o espectáculo de flamenco em Tablao Cordobés.

O Tablao tem capacidade para somente 150 pessoas. Portanto, é recomendado reservar ingressos do espectáculo com antecedência. Uma vez que pedir seus ingressos online, você somente precisa trazê-los impressos no dia.


Informações de agendamentoClique aqui para reservar seus ingressos on-line para o show de flamenco no Tablao Cordobés, que inclui um jantar ou bebida de boas-vindas


Acreditamos que essa página foi boa para saber mais sobre os artistas de flamenco que se apresentam em Tablao Cordobés. Se você gostaria de saber mais sobre o espectáculo de flamenco em Tablao Cordobés visite nossa página sobre o famoso espectáculo de flamenco em Tablao Cordobés, Las Ramblas onde damos mais informações sobre essa performance de flamenco autêntica.


Voltar ao Topo da Página